Propaganda Eleitoral na Internet Como Fazer?

Share Button

Propaganda eleitoral na internet será o grande desafio das campanhas eleitorais 2018. Apesar de entusiastas declararem que as redes sociais serão a grande arma dos candidatos para se conectar com os eleitores. É preciso entender o que poderá ser feito antes e durante a campanha eleitoral oficial.

Propaganda Eleitoral na Internet Como Fazer Anderson Alves

Propaganda Eleitoral na Internet
Como Fazer?

Toda época de campanha eleitoral é sempre o mesmo dilema. Principalmente agora com o avanço da tecnologia e o uso da internet (que ainda esta longe de ser usada de uma forma completa) pelos candidatos.

O assunto é novo. E agora com algumas regras (por parte do TSE) definidas, será mais fácil entender como os candidatos poderão fazer suas propagandas eleitorais na internet.

Datas da Propaganda Eleitoral

Segundo o TSE, o candidato poderá inciar sua propaganda eleitoral no dia 16 de agosto de 2018 (inclusive na internet)
A partir do dia 31 de agosto de 2018 a propaganda eleitoral gratuita será liberada para rádio e televisão.

De acordo com essas datas oficiais, o candidato terá menos de 40 dias para trabalhar a sua conexão com os eleitores e construir a sua trajetória até a eleição.

Como Fazer Propaganda Eleitoral na Internet?

As datas acima geram muita confusão. Um grande número de candidatos estão aguardando estas datas para iniciarem (erroneamente) suas “campanhas eleitorais” (Exatamente! entre aspas).

Erroneamente por que é possível fazer a conexão com os eleitores antes dessas datas oficiais, ou seja, divulgar um candidato. E isso não é considerado propaganda eleitoral antecipada ou ilegal.

No site do TSE foi divulgado (17 de agosto de 2017) um post que afirma:


Não configuram propaganda eleitoral antecipada a menção a uma pretensa candidatura e a exaltação das qualidades pessoais dos pré-candidatos


Sendo assim, se você é candidato ou esta trabalhando em uma campanha eleitoral não perca tempo!

Mencionar que é pré-candidato e falar das qualidades pessoais já faz parte de uma “propaganda eleitoral”. E não se engane. Deixar para atuar na internet apenas nas datas oficiais da propaganda eleitoral será um prejuízo irreparável para um campanha eleitoral tanto offline quanto online.

Mas como muitos candidatos e até políticos que pretendem se reeleger não sabem como usar a internet para se conectar com os eleitores é possível usar estas duas dicas apontadas pelo TSE.

1.Mencionar pretensa candidatura

Através de posts no facebook por exemplo. Usar uma imagem significativa na timeline ou capa do perfil e na fanpage do candidato. Escrever algumas linhas sobre o porque da pretensa candidatura.

Vale lembrar que a estratégia número um para posicionar um candidato na internet é a construção de um blog.
É tão importante que eu gravei uma aula falando sobre o assunto:
Campanha Eleitoral 2018 na Internet, Como Começar

2.Exaltar as qualidades pessoais do candidato

Uma excelente oportunidade para os candidatos mostrarem suas habilidades, aptidões ou características mas que é pouco utilizada (muito por que grande parte dos candidatos não tem um passado de trabalho reconhecido que promova transformações sociais).

É importante tomar cuidado apenas com o discurso batido do tipo:

  • Sou novo, nunca fui político
  • Os eleitores querem um gestor e não um político profissional
  • É preciso renovar e “eu” sou uma opção

Esse tipo de discurso virou febre entre os candidatos. Mas lembre-se:


Se o candidato não é conhecido, não é líder e não esta alinhado aos interesses do público alvo


E não estou falando de promessas, mas de um trabalho reconhecido pela sociedade, será muito difícil conquistar uma vaga.

Faça Sua Inscrição no Canal Marketing Digital Eleitoral no Youtube Anderson Alves

Erro Grave!

Criar página no facebook, conta no instagram entre outras redes sociais e não ter conteúdo (propostas, projetos, habilidade para se expressar, trabalhos realizados etc), de nada irá adiantar essa fantasiosa “presença digital”.


A internet é reflexo do mundo físico!


Aquele candidato que de repente acordou para a política e começou a falar sobre educação, saúde, emprego, reclamar dos políticos, do governo ou da corrupção apenas agora em época de eleição. Pode ser visto como oportunista de ocasião. Apenas mais um tentando uma “boquinha” no congresso.

Sendo assim, cuidado com a imagem que será passada.

Quer Saber Mais?

Deixe seu comentário no espaço abaixo.
Será um prazer responder você!

Propaganda Eleitoral 2018 na Internet Como Fazer Anderson Alves

20 Comentários


  1. Fico impressionado com a capacidade do Anderson Alves de se antecipar aos acontecimentos! Sua dicas são simplesmente uma assessoria, ler seus posts, seu blog e acompanhar seus vídeos tem sido essencial para o meu crescimento político. Obrigado! Poucos conseguem fazer isso!!!! Fabiano Lago

    Responder

    1. Obrigado Fabiano!
      Aqueles que se anteciparem conseguiram sair na frente dos adversários
      Continue acompanhando as dicas do blog.
      Sucesso!

      Responder

      1. Bacana! Mas a maioria dos brasileiro tem o hábito de deixar as coisas para última hora. Mesmo com tanta informação relevante na internet alguns candidatos “não agem” e apenas repetem as estratégias tradicionais de marketing eleitoral. Resultando o fracasso nas urnas.

        Responder

        1. Obrigado Welton!
          Exatamente!
          O povo esta cansado de mais do mesmo…porém ainda se submetem a vender voto (em sua grande maioria)
          Por outro lado os novos candidatos não exercessem uma liderança prestadia
          Dessa forma, o cenário se desenha de um jeito complexo
          A solução ainda pode demorar, mas esta a caminho!
          Continue acompanhando as dicas do blog!

          Responder

    1. Obrigado Diogo!
      Com certeza você terá muitos resultados, se não desistir da vida política!
      Sucesso!

      Responder

  2. Muito bom!
    Gostaria de poder compartilhar suas dicas em um grupo de whats app. Épossível?

    Responder

    1. Sim, você pode compartilhar!
      Obrigado pelo contato!
      Continue acompanhando as dicas do blog

      Responder

  3. Muito interessante, a antecipação serve tanto para candidatos q almejam ganhar as eleições quanto para ter êxito em outros tipo de campanhas…
    Muito bom
    Anderson qual é o maior erro de quem já está no poder e pretende se reeleger?

    Responder

    1. Obrigado Jucileia!
      O maior erro que eu vejo é a falta de conexão com os eleitores que os elegeram.
      Todos (e eu digo todos mesmo) os políticos não tem uma gestão desses eleitores de forma segmentada.
      Continue acompanhando as dicas do blog!

      Responder

  4. Os avanços na tecnologia, vão colocar as pessoas, eleitores e candidatos num patamar completamente novo. O trabalho diário continua, mas a construção do perfil e as linhas de comunicação vão abrir portas imensas para a transparência nos atos. Raciocínio perfeito.

    Responder

    1. Obrigado Pedro!
      O trabalho corpo a corpo numa campanha eleitoral sempre vai existir.
      E a internet pode amplificar essa comunicação e a manutenção desse relacionamento.
      Mas essa estratégia só terá resultado para aqueles que estiverem alinhados com os interesses sociais.
      Continue acompanhando o blog

      Responder

  5. Artigo excelente Anderson.
    Caí de paraquedas aqui no seu blog e já virei um seguidor.
    Seu conteúdo será de grande importância para o meu negocio.
    Obrigado por compartilhar esse valioso conhecimento.

    Abraços

    Responder

  6. GOSTARIA DE SABER, O QUE SE PODE PUBLICAR A RESPEITO DE UM PESSOA QUE É PROVÁVEL CANDIDATA NA INTERNET SEM PREJUDICAR O MESMO E QUE NÃO SEJA CONSIDERADA CAMPANHA ANTECIPADA.

    Responder

    1. Obrigado pela pergunta João!

      Como a lei diz, o candidato pode:

      De acordo com o artigo 36-A da Lei das Eleições, não configuram propaganda eleitoral antecipada a menção a uma pretensa candidatura e a exaltação das qualidades pessoais dos pré-candidatos, desde que não haja pedido explícito de voto.
      É permitida a participação de filiados a partidos ou de pré-candidatos em entrevistas, programas, encontros ou debates no rádio, na televisão e na internet, inclusive com a exposição de plataformas e projetos políticos.

      Já fez sua inscrição no Canal Marketing Digital Eleitoral?

      Segue o link >>> http://bit.ly/Canal_MKT_Eleitoral

      Responder

  7. Olá, Anderson!

    Poderia me informar, por gentileza, com relação à propaganda eleitoral em sites de notícias, qual o formato de banner para os candidatos, qual a frequência que eles podem ser divulgados e a partir de quando?

    Outra coisa, os pré-candidatos podem dar entrevista nos diversos canais até que dia? Durante o período oficial de campanha, também é permitido conceder entrevistas?

    Abs

    Responder

    1. Olá Andréa,

      Obrigado pelo contato!

      É proibido fazer anúncios em sites de pessoa jurídica, segundo o TSE

      O mais importante agora (a 53 dias das eleições) é focar nas causas e não entrevistas.

      Você já fez a sua inscrição no canal de dicas no youtube?

      Acesse o Link >>> http://bit.ly/Canal_MKT_Eleitoral

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.