Oratória na Campanha Eleitoral

Share Button

Oratória é uma das armas mais potentes que um candidato pode usar na sua campanha eleitoral. A grande maioria dos candidatos são tímidos (inclusive muitos políticos), não conseguem falar em frente as câmeras,  passam uma imagem insegura e que não conecta com o eleitor. Então, o que fazer?

Oratória na Campanha Eleitoral Paulo Ottaran Marketing Digital Eleitoral Anderson Alves

Oratória na Campanha Eleitoral

Entre tantos detalhes de uma campanha eleitoral, um dos requisitos mais importantes que um candidato precisa ter e dominar é a arte de falar em público.

E com os avanços tecnológicos e o maior acesso dos brasileiros às redes sociais, criar vídeos como forma de se comunicar com os eleitores é uma estratégia imperativa para todos aqueles que desejam se candidatar às próximas eleições.

Oratória com Paulo Ottaran

Entrevistando o jornalista e palestrante Paulo Ottaran, fica evidente que a arte de falar em público através de qualquer meio, usando as técnicas de oratória, definitivamente eleva a imagem do candidato fazendo com que este se conecte com os eleitores criando uma empatia, aumentando a sua audiência.

Vídeo Entrevista

Você pode assistir a entrevista clicando na imagem abaixo e conferir o resumo do vídeo no texto a seguir.

Resumo da Entrevista

00:45 – O que a oratória e como ela pode ajudar uma candidato

  • Contexto que envolve a fala
  • A importância da oratória no dia a ida e como ela se processa
  • Bloqueios psicológicos à fala e a natureza humana
  • A ansiedade como fator direto de impedimento a expressão falada
  • A facilidade de expressão: Oratória
  • Aplicações iniciais para uma campanha eleitoral
  • A ansiedade de agradar, convencer e não fazer feio
  • A timidez como fator de bloqueio ao enfrentamento de uma platéia
  • Administrando a timidez e a gagueira
  • Controlando a ansiedade
  • O fator respiração

06:17 – A trajetória no estudo e aplicação das técnicas de oratória

  • Gago a mais de 35 anos e que é um dos apresentadores do programa de rádio A Voz do Brasil, falando semanalmente para mais de 70 milhões de ouvintes
  • A preparação antes de falar para uma platéia
  • Primeiro passo: O relaxamento
  • O bloqueio mental quando se enfrenta um público

10:17 – A oratória como fator de influencia no perfil de um candidato

  • Exemplo de oradores: Barack Obama e Donald Trump
  • Donald Trump: A técnica do impacto para o processo da oratória
  • Firmeza, posicionamento, tranquilidade, tom de voz baixo = convencimento

12:15 – As principais dificuldades dos candidatos na preparação da oratória

  • Os candidatos se preparam para tudo, menos para o conteúdo do seu discurso e a oratória
  • A maior expressão do candidato não é no material de campanha, mas sim nas visitas porta a porta
  • A importância da preparação prévia para a construção da conexão com os eleitores
  • Treinamento para a promoção do discurso

15:27 – Dicas para a preparação do discurso e oratória

  • Não falar nem compartilhar assuntos e conteúdo que não conhece
  • Preparação para enfrentar o público
  • Convencimento

16:35 – Os mitos e verdades sobre a oratória

  • Analisar o tipo do público
  • Preparação: estudar roteiro prévio do discurso
  • Dizer sempre o que sabe

18:53 – Como usar as técnicas de oratória para a internet

  • Auto análise: Se você assistisse um vídeo seu, você votaria em você mesmo
  • As oportunidades que a internet oferece

20:03 – Dicas finais sobre oratória para os candidatos às eleições 2018

  • A família e as pessoas mais próximas são o termômetro do sucesso ou não em uma campanha eleitoral

Como você entende a importância da oratória para uma campanha eleitoral?

É importante ter um discurso alinhando com os interesses dos eleitores?

Será que uma boa oratória pode influenciar no seu conteúdo em vídeo?

Este conteúdo ajudou você?

Deixe um comentário, no espaço abaixo,  com sua dúvida.
Será um prazer responder sua pergunta!

Oratória na Campanha Eleitoral Anderson Alves Marketing Digital Eleitoral

6 Comentários


  1. os candidatos são muito mal preparados! Não tem discurso, só falam de como a situação esta ruim mas não propõe nada!!!
    falta oratória sim…..não sabem se relacionar com o público alvo, e na internet então são uma tragédia!!!!
    como vão comunicar algo que eles não tem????
    só quero ver nas próximas eleições…..
    muito bom o vídeo!!

    Responder

    1. Obrigado Samela,

      A oratória sem conteúdo se torna uma falácia! Seja online ou offline.

      Quando o conteúdo esta alinhando com o público alvo e é transmitido com autoridade, você no caminho certo da conexão perfeita!

      Continue em contato

      Sucesso!

      Responder

  2. Um candidato que usa a oratória com propriedade se torna muito poderoso.
    Gostei do post porque você, ao contrário de muitos especilistas de marketing digital, explicou muito bem que sem conteúdo focado nos interesses dos eleitores a oratória não adianta nada na internet

    Responder

    1. Antonio,

      O conteúdo é o que conecta os candidatos aos eleitores.

      E para se fazer essa conexão leva tempo!

      Fique em contato

      Obrigado pelo comentário!

      Responder

  3. Sem dúvidas dominar a arte da oratória é fundamental para o candidato conseguir apresentar suas propostas ao eleitor de forma clara e eficiente.
    O emissor é responsável pela eficiência na comunicação.

    Grande abraço!

    Responder

    1. Verdade Pablo

      Tanto no mundo off line, frente a frente com o eleitor, quanto na internet – que atualmente é a ferramenta que possibilita a construção de uma grande audiência de maneira segmentada, mas que tem o seu processo desconhecido pela maioria dos candidatos, políticos e suas equipes de trabalho.

      O melhor disso tudo? Mercado carente por profissionais especializados em marketing digital

      Obrigado por participar!

      Continue em contato.

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.