Campanha Eleitoral na Internet Quanto Custa?

Share Button

Campanha eleitoral na internet pode ser feita com investimento zero! Mas é preciso entender que investimento é sinônimo de maior alcance e conexão com os eleitores. Saiba quanto uma campanha eleitoral digital pode custar.

Campanha Eleitoral na Internet Quanto Custa Anderson Alves Marketing Digital Eleitoral

Campanha Eleitoral na Internet Quanto Custa?

A preparação para as eleições que acontecem em outubro de 2018 já começaram. Pelo menos para os candidatos que buscam inovar e acabar com o velho jeito de fazer campanha, através de ‘santinhos’ e banners espalhados pela cidade (o que esta comprovado que é mais caro e que não tem garantia de sucesso nas urnas).

Para isso, muitos têm adotado a estratégia de marketing digital eleitoral, pois compreendem que os tempos são outros e que a internet é um espaço a ser muito explorado.

Mas, com isso, surge a dúvida de muitos candidatos:


Quanto custa fazer uma campanha eleitoral digital?


É caro? Quanto preciso para iniciar?
A resposta depende do candidato e principalmente a sua disposição na produção de conteúdo (que vai além do que simplesmente postar imagens em redes sociais e esperar por curtidas e comentários).

Neste post eu mostro alguns números que podem dar uma direção e até surpreender você.

Campanha Eleitoral na Internet Grátis

Isto mesmo: é possível fazer uma campanha eleitoral na internet sem gastar um centavo. Para isso, o próprio candidato, que definiremos aqui como ‘Eu’quipe – ou seja, apenas uma pessoa – pode explorar plataformas grátis de grande potencial.

Entre elas estão:

Blog

Há opções de blogs gratuitos na internet, como o Blogger, que permitem a criação, design e postagem de conteúdo de forma rápida e dinâmica.

Para saber como montar um blog de campanha eleitoral assista ao Treinamento Gratuito no Youtube

Fanpage

A maior rede social do mundo permite que os candidatos, sem nenhum custo, possam criar uma página e divulgar suas propostas, trabalhos e ações diárias.

Mas é importante entender quais estratégias usar na fanpage do candidato.

Youtube

Divulgar vídeos gratuitos é um dos principais atrativos do Youtube. Está sem equipamentos? A própria câmera do celular e/ou notebook pode ser um grande aliado.

E-mail marketing

Dispare novidades e conteúdo para uma base (construída e não comprada) de contatos segmentados (organizados por demandas, causas, projetos).

É importante usar estratégias de relacionamento com os eleitores baseadas no Funil do Voto (você sabe o que é?)

Whatsapp

O celular se tornou a “extensão do corpo humano”.
O uso do whatsapp como ferramenta de comunicação instantânea é uma das principais estratégias digitais na campanha eleitoral.

Mas não estou falando aqui na criação de grupos!

O assunto é tão importante que eu gravei uma aula sobre o Uso do WhatsApp na Campanha Eleitoral

Então,

Isto é o que um profissional que já trabalha com um político, ou o próprio candidato, podem fazer sozinhos, sem custos.
Contudo, a campanha terá um alcance muito restrito (se feita com pouco tempo), dependendo de muito mais trabalho (dai usar a estratégia da antecedência, ou seja, tempo de preparação).

Para acelerar os resultados, é possível automatizar a campanha eleitoral, com poucos recursos.

Campanha Eleitoral Digital com R$ 200

Sim, é possível gastar apenas R$ 50 por semana (por exemplo, no facebook ads. E não impulsionamento de post) para fazer uma campanha eleitoral de qualidade na internet e atrair possíveis eleitores para um projeto político.

Abaixo, eu listei alguns valores para você ter uma ideia do que pode ser feito

Blog Profissional

Um blog com nível superior (como este), melhores resultados e bem desenvolvido, sai por R$ 127 (preço único), na plataforma WordPress.

Você pode verificar todas as funcionalidades do Blog Clicando Aqui

Divulgando uma Fanpage

Pagando para divulgar uma fanpage, o alcance das publicações atingirá muitas pessoas – isto devido as métricas pedidas na hora da contratação, como a região em que você se encontra.

Com apenas R$ 50 por semana, é possível atingir muitos eleitores.

Dica: caso tenha interesse em estratégias mais avançadas, investir em chatbots pode ajudar a entender o comportamento dos seus eleitores – o software faz as coisas de forma automática, com pouca necessidade de atuação do profissional.

Anúncio no Google e Youtube

Já pensou em atrair visitantes por apenas R$ 0,05?

O Youtube permite isto e pode ser o diferencial na campanha eleitoral digital. Com apenas R$ 50 mensais, é possível ter muito mais eleitores acessando os vídeos.

Eu gravei uma entrevista falando sobre Estratégias de Anúncio no Google para a Campanha Eleitoral

E-mail Marketing Profissional

Começando com cinco mil contatos, é possível:

  1. Cadastrar os eleitores
  2. Organizar os contatos por segmento
  3. Validar a intenção de voto (o que realmente importa na internet!)
  4. Manter comunicação semanal até o dia da votação

Um bom investimento sai por R$ 154 mensais e você ainda pode fazer página de capura, landing pages de segmentos, causas, projetos e muito mais!

Veja como é fácil gerenciar uma Campanha Eleitoral na Internet

Os valores acima descritos incorporam as melhores ferramentas para você alcançar o maior número de pessoas na sua região.

Com boas estratégias, e apenas um inicial de R$ 200 por mês, é possível alavancar uma campanha eleitoral na internet de maneira a se diferenciar da maioria dos candidatos (por exemplo vereadores).

Assine o Canal Marketing Digital Eleitoral no Youtube CLIQUE AQUI

Equipe com inicial de  R$ 2000

E para aqueles que querem consolidação na web, com profissionais que entendem do processo de comunicação e marketing digital (de uma forma inicial), o candidato poderá gastar, inicialmente, R$ 2 mil mensais.

Para isso, considere as seguintes opções:

Jornalista

Inicial de R$ 1,8 mil: é preciso que profissional entenda de técnicas de SEO – Otimização de Conteúdo para Sites de Pesquisa (para o ranqueamento do conteúdo do candidato na primeira página de pesquisa do Google)

Design

Inicial de R$ 1,5 mil: toda a arte gráfica da campanha eleitoral digital passa por ele. Então, um diretor de arte pode ser o diferencial.

Editor de vídeo

Inicial de R$ 1,5 mil: cada vez mais importante nas campanhas, é ele quem editará os vídeos, através de um roteiro pré-estabelecido, que poderá gerar várias conversões.

Social Media

Inicial de R$ 1 mil: este profissional é atuante junto com o candidato e, em alguns casos, já adapta sua linguagem a do político, permitindo mais credibilidade nas redes sociais.

Gerente de Tráfego

Inicial de R$ 2,5 mil: ele quem irá gerenciar todo o tráfego (e-mails, contatos, anúncios, funil do voto, métricas) da campanha, sabendo em quais plataformas (Google, Facebook, Youtube) anunciar.

É um profissional muito importante para qualquer campanha a candidato estadual/distrital e acima.

Investimento = Resultado

Com os valores aqui descritos, você saberá quanto gastar em uma campanha eleitoral digital.

De forma grátis até valores que ultrapassam R$ 2 mil, é possível estar na frente dos outros políticos adotando estratégias digitais que valorizem o candidato.

Mas lembre-se

As campanhas eleitorais serão mais trabalhosas do que onerosas!
Por isso, para uma campanha enxuta, é preciso antecedência e com isso criar uma conexão com o público alvo do candidato.

Este conteúdo ajudou você?

Deixe um comentário, no espaço abaixo,  com sua dúvida.
Será um prazer responder sua pergunta!

Campanha Eleitoral na Internet Quanto Custa Anderson Alves Marketing Digital Eleitoral

4 Comentários


  1. de muito bom senso a sua análise Anderson!

    estava procurando algo sobre orçamento de campanha eleitoral na internet e encontrei apenas o seu post….

    gostei muito do que li…….ja fiz a minha inscrição no seu canal do youtube

    seguindo!!!

    Responder

    1. Obrigado Clara!

      Os número aqui são apenas uma ideia do que já observei no mercado
      Mas varia bastante de estado para estado e também o nível de conhecimento e experiência do profissional

      Continue acompanhando as dicas do blog!

      Responder

  2. o maior problema é que os profissionais que trabalham, ou pensam que qtrabalham, com marketing digital político estão muito atrasados com o “jeito” certo de se fazer marketing digital – lê-se INBOUND!
    não conheço um político ou candidato que esteja usando todos os recursos de marketing digital em suas campanhas
    acho que ainda vai demorar para eles abandonarem a velha forma ultrapassada e cara de se fazer campanha……..

    Responder

    1. Obrigado Bruno!

      É difícil ver alguém, que trabalha com política/campanha eleitoral, falar sobre inbound marketing!

      Esse é um mercado novo, e tem muito espaço para todos os profissionais que gostam de política e internet

      Continue acompanhando as dicas do Blog Marketing Digital Eleitoral

      Sucesso!

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.